vitrine

Estratégias de visual merchandising para atrair mais clientes

Segundo o ditado popular, a primeira impressão é a que fica, e é justamente com isso em mente que você precisa começar a pensar em estratégias de visual merchandising para o seu estabelecimento comercial.

O bom planejamento consegue mensurar e direcionar o lojista para o caminho certo. Outros momentos onde se torna imprescindível a aplicação das técnicas de visual merchandising, são os momentos sazonais, onde a mudança de visual e estratégia é praticamente uma regra.

É muito importante para o resultado desejado que em épocas específicas, as mudanças ocorram nas vitrines e também em ambientes internos das lojas, tornando o local mais agradável e com uma mensagem dirigida ao público-alvo.

Por que investir em estratégias de visual merchandising?

O primeiro contato dos clientes com sua marca é pela vitrine da sua loja.

Uma vitrine bem trabalhada pode chamar mais a atenção das pessoas que estão passando do que placas de promoções, por exemplo.

Elas são muito mais que o seu um cartão de visitas: são um forte meio de comunicação que o varejo utiliza pra se comunicar com seus clientes.

Por isso, é preciso pensar de forma estratégica para alcançar bons resultados.

 

Conheça o seu público-alvo

Antes de pensar em mexer as coisas de lugar, tenha em mente quem são seus principais clientes ou qual o público você tem interesse de chamar a atenção.

Se sua loja tem como base o público jovem, pense em como atrai-lo para não errar.

 

Abuse dos 5 sentidos

O marketing sensorial tem ganhado muito espaço nas estratégias de visual merchandising, justamente por envolver os clientes com suas percepções de todos os sentidos. É possível trabalhar o visual, olfato, audição, paladar e tato e, com isso, ficar na mente do seu consumidor.

 

Use luz de movimento

Painéis ou letreiros luminosos são muito utilizados para chamar a atenção das pessoas que passam. Nossos olhos são atraídos de forma espontânea por luzes e movimentos, e os letreiros cumprem muito bem essa função.

 

Seja dinâmico

Ainda pensando em movimento, é possível desenhar uma vitrine “móvel”, mudando alguns detalhes todos os dias.

Isso fará com que o público que passar com regularidade em frente ao seu estabelecimento perceba que tem sempre algo novo ou que há continuidade no que você está propondo.

 

Induza o olhar

Direcione o olhar dos seus clientes para aqueles produtos que você tem mais interesse que sejam vistos.

Pense na organização da sua vitrine de forma clara e agradável, utilize focos de luz para algumas peças ou produtos, dando mais destaque a eles.

Ou, ainda, distribua os itens de forma que garanta os olhos de quem parar para ver sua vitrine tenha um movimento contínuo e consiga ver tudo de forma harmoniosa.

Use cores e seus contrastes

Chame a atenção de quem estiver passando com cores harmoniosas. Se sua loja vende roupas, pense em montar uma vitrine que faça referência à estação do ano do momento.

Por exemplo, na primavera, abuse de cores, temas florais e objetos cênicos que façam sentido com aquele contexto.

A arte de planejar e elaborar uma boa arrumação para sua vitrine vai muito além de apenas colocar as coisas no lugar certo.

É preciso manter uma relação com o seu cliente e, por isso, as estratégias de visual merchandising são tão importantes para manter os bons resultados nas suas vendas.

Gostou desse conteúdo? Ficou interessado em saber de mais dicas incríveis que vão te ajudar a alavancar seu negócio?
Então curta nossa fan page e acompanhe tudo por lá!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *